Dica de filme: Lilya 4ever


Quer entender um pouco mais sobre a realidade cruel do tráfico de pessoas?

Hoje, a equipe CTETP vêm recomendar o filme Lilya 4-ever (Para Sempre Lilya), do diretor sueco Lukas Moodysson. O filme conta a história de uma adolescente russa chamada Lilya, que é abandonada em sua cidade quando sua mãe resolve deixar o país e se mudar para os Estados Unidos. Sozinha, Lilya tem como único amigo o solitário Volodya, que se refugia em seu apartamento para escapar de sua própria família problemática.

Essa história, porém, muda de rosto quando Lydia conhece Andrei. O rapaz, de sorriso bonito e fala convincente, diz que pode levá-la para uma vida melhor na Suécia – lá ela terá um trabalho colhendo vegetais, terá um grande apartamento e receberá um salário muito maior do que um médico formado recebe na Rússia.

O filme é triste, dolorosamente triste, e o que mais incomoda em sua narrativa é justamente o fato de ser tão real. Lilya 4-ever pinta um retrato comovente da vida de uma jovem em situação de extrema vulnerabilidade, e não hesita em demonstrar, de maneira crua, que seus abusadores são simplesmente humanos, voluntariamente cegos quanto à violência que causam.

O tráfico de pessoas é crime pela lei brasileira, e deve ser combatido!

Ele ocorre quando a vítima é retirada de seu país, estado ou cidade de origem e transportada para outro local, mediante violência, coação, fraude ou abuso, com fins de exploração de sua força de trabalho, de remoção de órgãos, de exploração sexual, de adoção ilegal ou de sua submissão à servidão (Art. 149-A do Código Penal Brasileiro).

Essa situação se agrava muito quando percebemos a situação de grande vulnerabilidade das vítimas – estão em lugar estranho, muitas vezes sem falar a língua local, e frequentemente têm seus documentos retidos pelo empregador, o que dificulta ainda mais os esforços para sair dessa situação.

A prevenção é extremamente importante para o combate ao tráfico humano. Reunimos, abaixo, algumas dicas importantíssimas:

1. Se questione! Uma oferta de emprego parece boa demais para ser verdade? Tudo parece muito fácil e lucrativo? Procure saber mais, pesquise, e não aja no impulso! Leia o contrato de trabalho, se informe sobre a empresa e a situação de trabalho, e fique especialmente atento quando a proposta envolver viagens nacionais ou internacionais.

2. Sempre mantenha seus documentos com você, e não os entregue ao empregador. A retenção de documentos é uma prática usada para diminuir a liberdade de locomoção do empregado.

3. Tenha em mãos o telefone e endereço das ONGs, consulados e autoridades da região.

4. Mantenha seus amigos e parentes informados sobre sua localização! Deixe com eles o endereço e telefone do local para onde você está viajando, os dados de seu empregador, e mantenha contato constante.

Denuncie! Em caso de tráfico de pessoas, disque 100 (disque direitos humanos) ou ligue 180 (Secretaria Nacional de Política para Mulheres)!

Saiba mais sobre o assunto

Clique aqui para conhecer a história de alguns dos pescadores resgatados! 

Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

CONTATO

+55 31 9 9449-2272
Endereço 
Av. João Pinheiro, 100
Edifício Villas Boas, Sala 1404

Belo Horizonte, MG 30130-180

Atendimento ao público

Segunda, terça, quarta e sexta

11h30min às 13h30min

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram