BLOG

Sinait lança portal sobre trabalho escravo contemporâneo em audiência na CDH

O Sinait lançou nesta segunda-feira, 21 de agosto, o Portal Trabalho Escravo Contemporâneo, que traz informações sobre o combate a este crime no Brasil. O lançamento, na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado – CDH, ocorreu durante a audiência pública que tratou do corte de 70% do orçamento da Inspeção do Trabalho e comprometeu, especialmente, as operações de combate ao trabalho escravo e infantil. O portal traz notícias de resgates de trabalhadores, estatísticas e informações diversas sobre as ações das autoridades que atuam para erradicar o trabalho escravo, como os Auditores-Fiscais e Procuradores do Trabalho, além da Polícia Federal, entre outros. Um mapa mos

Brasil está próximo de ter “risco extremo” de trabalho escravo

De 198 países, estamos na 33ª pior posição, segundo ranking da Verisk Maplecroft, que aponta deficiência em inspeções e punições O Brasil é o país da América Latina e Central onde os negócios correm mais risco de serem envolvidos em trabalho escravo. De 198 países, estamos na 33ª pior posição, e uma ligeira piora em relação ao ano anterior aproxima o país da categoria de “risco extremo”. Os números são da Verisk Maplecroft, uma consultoria britânica de estratégia e risco corporativo. 60% dos países pesquisados tem risco “alto” ou “extremo”. O relatório não tem como objetivo calcular a prevalência de escravidão e sim apontar o risco de que um negócio use trabalhadores nessas condições em seus

"A minha família teve uma escrava" conta Alex Tizon

“Vês mais alguém ser tratado da forma como ela o é?”, perguntava-me Arthur. “Conheces mais alguém que viva como ela vive?” Resumiu-me assim a realidade: pura e simplesmente, Lola não era paga pelo trabalho que tinha connosco. Trabalhava arduamente todos os dias; era repreendida por ficar demasiado tempo sentada ou por adormecer demasiado cedo; era atacada por responder; usava roupas em segunda mão; comia as sobras sozinha na cozinha; raramente saía de casa; não tinha quaisquer passatempos ou amigos fora da família; não tinha um quarto só para ela (por todas as casas por onde passámos, restava-lhe apenas ficar num sofá, a um canto no quarto das minhas irmãs, ou na área de arrumos; na verdade,

Nossas Redes Sociais
  • Facebook Social Icon
  • YouTube
  • Instagram
Participe!
Assine o nosso manifesto contra o PLS 432/13 e o PL 3.842/12, que pretendem reduzir o conceito de trabalho escravo contemporâneo no Brasil. 
Arquivo

CONTATO

+55 31 9 9449-2272
Endereço 
Av. João Pinheiro, 100
Edifício Villas Boas, Sala 1404

Belo Horizonte, MG 30130-180

Atendimento ao público

Segunda, terça, quarta e sexta

11h30min às 13h30min

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram