LIVRO GRATUITO DA CLÍNICA (ATÉ SEXTA)

Não perca esta OPORTUNIDADE!


Já garanta GRATUITAMENTE nosso novo livro "Discussões interdisciplinares sobre a escravidão contemporânea" pelo link a seguir: https://amzn.to/3xjaRIZ




Os direitos humanos são conquistas sociais, frutos de lutas de pessoas e de movimentos que se articulam, ganham visibilidade e em determinadas conjunturas locais, nacionais e internacionais, conseguem obter sucesso em pressões sobre o parlamento, e sobre os poderes executivo e judiciário.


O mundo acadêmico não se encontra fora desse debate e dessas pressões. Não reproduz simplesmente o que se passa, mas reflete, observa sob ângulos diferentes e mais complexos e toma posição. A ciência pode estar a serviço de teses “racistas” e de “eugenias” como se deu no século XIX e mesmo no século XX, pode dar sustentação a projetos de morte, como se deu na Alemanha nazista ou na Itália fascista, ou de vida.


Temos aqui um livro, fruto da XI Reunião Científica Trabalho Escravo e Questões Correlatas realizada na Universidade Federal de Minas Gerais. As reuniões são realizadas anualmente pelo Grupo de Pesquisa Trabalho Escravo Contemporâneo (GPTEC) do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas em Direitos Humanos da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em anos alternados, o GPTEC realiza o evento fora do Estado do Rio de Janeiro.


A Reunião, de onde proveio entre os resultados este livro, foi em Belo Horizonte; em uma parceria com a Clínica de Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas da UFMG que participa de “uma experiência pioneira.na formação de um sistema internacional de Clínicas de Direito”.


A Clínica é coordenada pelos professores Carlos Henrique Borlido Haddad e Lívia Mendes Moreira Miraglia.


Todos os artigos são fruto das pesquisas que vêm sendo desenvolvida pelos seus autores em suas respectivas universidades. Em todos é possível identificar a seriedade e profundidade dos pesquisadores, bem como a atualidade do tema.


A escravidão contemporânea ainda é, infeliz e tristemente, uma realidade a ser combatida e extirpada. Os esforços da academia em pesquisar e produzir conhecimento colaboram não apenas para o diagnóstico da situação, mas auxiliam no desenvolvimento de políticas públicas mais eficazes e eficientes, além de colaborar para a conscientização do assunto.





Saiba mais sobre o assunto

Clique aqui para conhecer a história de alguns dos pescadores resgatados! 

Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square