A nova Procuradora-Geral da República: Raquel Dodge

Procuradoria-Geral da República terá primeira mulher no comando

Raquel Dodge. FOTO: AMANDA PEROBELLI/ESTADÃO

Michel Temer escolheu nesta quarta-feira (28) a procuradora Raquel Dodge para substituir Rodrigo Janot no comando da Procuradoria-Geral da República.


A subprocuradora-geral ficou em segundo lugar na lista da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), com 587 votos. Em terceiro lugar estava o subprocurador-geral Mario Bonsaglia (564 votos) e no topo o vice-procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino (621 votos). O nome de Dodge ainda precisa ser aprovado pelo Senado, após sabatina.


Desde a proclamação da República, em 1891, o Brasil teve 40 procuradores-gerais, incluindo Janot, mas todos foram homens. Além de Dodge, outras duas mulheres concorriam à lista da ANPR.


A Constituição de 1988 estabeleceu que a nomeação seria feita pelo presidente da República e submetida a aprovação, por maioria absoluta, do Senado Federal, para mandato de dois anos, permitida a recondução.


QUEM É RAQUEL DODGE


RAQUEL ELIAS FERREIRA DODGE é Subprocuradora-Geral da República e oficia no Superior Tribunal de Justiça em matéria criminal. Integra a 3ª Câmara de Coordenação e Revisão, que trata de assuntos relacionados ao Consumidor e à Ordem Econômica. É membro do Conselho Superior do Ministério Público pelo terceiro biênio consecutivo. Foi Coordenadora da Câmara Criminal do MPF, membro da 6ª Câmara, Procuradora Federal dos Direitos do Cidadão Adjunta. Atuou na equipe que redigiu o I Plano Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo no Brasil, e na I e II Comissão para adaptar o Código Penal Brasileiro ao Estatuto de Roma. Atuou na Operação Caixa de Pandora e, em primeira instância, na equipe que processou criminalmente Hildebrando Paschoal e o Esquadrão da Morte. É Mestre em Direito pela Universidade de Harvard. Ingressou no MPF em 1987.


Clique AQUI para acessar o I Plano Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo no Brasil.

Na apresentação do plano, Raquel Dodge afirma: "O cenário de impunidade dos crimes de escravidão contemporânea precisa ser revertido para desestimular essa prática, punir os responsáveis e contribuir para assegurar a dignidade humana de todos no Brasil".




Fontes: http://www.huffpostbrasil.com/2017/06/28/procuradoria-geral-da-republica-tera-primeira-mulher-no-comando_a_23007074/; http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/temer-escolhe-raquel-dodge-nao-alinhada-a-janot/

Saiba mais sobre o assunto

Clique aqui para conhecer a história de alguns dos pescadores resgatados! 

Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

CONTATO

+55 31 9 9449-2272
Endereço 
Av. João Pinheiro, 100
Edifício Villas Boas, Sala 1404

Belo Horizonte, MG 30130-180

Atendimento ao público

Segunda, terça, quarta e sexta

11h30min às 13h30min

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram